Curta no Facebook

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Primal Scream - "Screamadelica 20th Anniversary Tour" - Circo Voador - Rio de Janeiro (23/09/2011)




Nesta última sexta-feira acontecu a primeira noite de apresentações do Rock in Rio.
...
...
...
Bom, e dai?
Azar de quem foi à tal Cidade do Rock e não estava na Lapa, como eu, delirando com o show da turnê de aniversário de 20 anos do álbum "Screamadelica" do Primal Scream.
Que Rock in Rio que nada! O verdadeiro rock no Rio de Janeiro estava acontecendo lá no Circo Voador. E se toda a cidade estava mobilizada para assistir às rihanas e cláudiasleittes da vida, ali na Lapa, um pequeno grupo de fieis assistia a um show histórico, que diga-se de passagem, foi, com louvor, proporcionado por eles mesmos, que num esforço incomum fizeram trazer ao Rio uma atração que estava praticamente descartada para cá.
Talvez (e provavelmente) em retribuição a este esforço do público para vê-los, o que se viu no palco foi uma banda vibrante e pilhada, com Bobby Gillespie absolutamente simpático e empenhado.
Fugindo um pouco à regra deste tipo de show comemorativo de álbum, não tocaram as músicas exatamente na ordem do disco, deixando para o final seus grandes clássicos, "Loaded" e "Come Together", com execuções memoráveis, para êxtase geral e catarse coletiva.
Um barato também "Higher Than the Sun" numa versão psicodelíssima e esticaaaaada pra caramba, e para o vocal poderoso da negrona que simplesmente detonou na dançante e empogante "Don't Fight It, Feel It". Ponto negativo, a meu ver foi a ausência no set-list de "Shine Like Stars", a última do álbum que acabou não sendo tocada, e num show com este tipo de proposta, entendo que não devesse ficar nenhuma de fora. Mas isso foi mero detalhe. Diante de todo o resto isso foi ferimento leve.
Showzaço.
Showzaço!
Showzaço!!!
Daqueles pra entrar pra minha história. Tipo, "eu vi o Primal Scream tocar o "Screamadelica!".
(entra imediatamente para a lista dos grandes shows que tive o prazer de assistir)
Que Rock in Rio que nada!
Em lugar nenhum eu poderia estar melhor do que ali, na Lapa, no Circo, diante do Primal Scream naquela noite.


Toda a psicodelia do Primal Scream no palco.


Bobby Gillespie comandando a festa.

Loucura total!


Um show para guardar na memória.


Cly Reis

2 comentários:

  1. Porra cara... queria ter ido, pena que só fiquei sabendo hj kkkk

    ResponderExcluir